Do Pior ao Melhor - Agatha Christie

3/24/2018

[ÚLTIMO UPDATE - 24/05/18]

Bem vindos, caríssimos, à inauguração da rubrica "Do Pior ao Melhor", um projecto que já tinha em mente ainda antes de criar este blog! A teoria é simples, a prática nem tanto; criar um ranking de todos os livros de um autor,  ordenado do pior para o melhor, tudo segundo a minha humilde opinião.

É fácil perceber por que é que, na prática, isto não é tão trivial de se fazer; é difícil lembrar-me com clareza suficiente de todos os livros que fui lendo ao longo dos últimos anos. E não me parece justo estar a criar rankings meio baseados em opiniões que estão já muito pouco nítidas na minha mente. O que significa que teria várias releituras para fazer antes de me aventurar nisto... mas o tempo não dá para tudo.

Tomei, portanto, a decisão de começar devagarinho e ir adicionando, a pouco e pouco, os títulos que vou (re)lendo. Decidi apanhar boleia do projecto da Elisa 'Miúda Geek' de ler todos os livros da Agatha Christie e inaugurar a rubrica com ela mesmo, a rainha dos policiais. 

Li ainda muito poucas obras da senhora, mas vamos com o que temos. Não se esqueçam de vir visitando o ranking para acompanharem as actualizações. De 3 em 3 anos parece-me suficiente.

 
#8 - O Mistério de Listerdale
Goodreads | Wook
Este livro não é tanto um policial mas sim uma colectânea de 12 pequenos mistérios. E por isso é que o ponho tão baixo na lista. O livro é pequeno, significando que os contos em si têm também muito poucas páginas, o que para mim não é suficiente para desenvolver uma intriga interessante. Sobressai um ou outro mas, no geral, são contos previsíveis e pouco marcantes.




#7 - O Homem de Fato Castanho
Goodreads | Wook
Este foi o segundo livro que li da autora que não se encaixa totalmente no género policial e sim numa vertente mais de thriller. Nele seguimos Anne Beddingfield, uma jovem carismática e aventureira que, após ficar orfã e sem estabilidade financeira, se vê envolvida numa trama que envolve roubos de diamantes e redes mafiosas internacionais. Eu já não gosto de ler livros que envolvam crimes e pedras preciosas mas, mesmo ignorando isso, este livro não me cativou muito. Há demasiados nomes de personagens e de localidades a ser mencionados, tornando o enredo um bocado confuso. O que não é um problema particularmente grave porque dá para perceber bastante cedo quem é o vilão da fita. E olhem que eu costumo ser muito tapada nestas coisas de descobrir o responsável. Não me surpreendeu em quase nada e não me fez querer saber de nenhuma das personagens; provavelmente daqui a umas semanas já nem me lembrarei de quase nada. É possível que esteja a ser demasiado 'severa' para com este livro, talvez até o tenha lido numa altura não tão favorável... De qualquer modo, considero-o um thriller decente para quem procurar uma leitura leve e rápida; a mim, não me marcou de forma nenhuma.


#6 - O Misterioso Caso de Styles (aka 'A 1ª Investigação de Poirot')
Goodreads | Wook
O primeiro livro de Agatha Christie é também o livro em que somos apresentados a Hercule Poirot, o detective de icónico bigode e cabeça de ovo conhecido por resolver os mistérios que ninguém resolve, fazendo sempre uso das suas "células cinzentas" e de "ordem e método". Quando uma rica filantropa é assassinada na própria casa, Poirot junta-se ao seu grande amigo Hastings para desvendar o caso, formando-se assim uma dupla que se viria a encontrar mais do que uma vez no futuro. Apesar de não ter ficado maravilhada com os capítulos finais e com o próprio Hastings, gostei dos raciocínios e pistas que foram sendo plantados ao longo da história. E, claro, a personalidade do Poirot não deixa nenhum leitor indiferente. Não é, para mim, um livro memorável, mas está muito longe de ser um policial aborrecido ou mal escrito. 


#5 - O Adversário Secreto (aka 'O Inimigo Secreto')
Goodreads | Wook
Este é o livro que apresenta a dupla Tommy e Tuppence, dois jovens ingleses que se vêem em dificuldades financeiras e têm a ideia original de fundar a sua empresa de detectives. Jovens, inocentes mas cheios de si, cedo se vêem envolvidos numa perigosa aventura envolvendo interesses políticos e documentos que podem deixar a Inglaterra em maus lençóis.  É um livro que dificilmente se larga depois de se lhe pegar, as peripécias e as revelações conduzem-nos quase que automaticamente para o capítulo seguinte sem nos fazer pensar muito. O mistério em si não é propriamente surpreendente, mas foram sem dúvida as personagens que tornaram esta leitura um deleite. Quero mais desta dupla!


#4 - Poirot, o Golfe e o Crime (aka 'Crime no Campo de Golfe')
Goodreads | Wook
Do original "The Murder On The Links", este é o livro que contra a segunda aventura de Hercule Poirot e, infelizmente, do seu amigo Hastings. Depois de receber uma carta de um potencial cliente, a dupla viaja para França, só para descobrir que esse mesmo cliente está agora morto e que foi aberta uma investigação para averiguar o crime.
Mesmo estando cansada como estava na altura, foi um livro que li em dois dias, tal era a curiosidade. Gostei do mistério, do processo de investigação e, claro, das deduções de Poirot, que são sempre espectaculares. No entanto, o twist final pareceu-me meio desnecessário, como se estivesse ali só para ser mais uma reviravolta e surpreender o leitor, o que, para mim, não resultou muito bem. E se eu já gostei pouco do Hastings no primeiro livro, aqui a coisa não fica melhor, com sua excelência a tecer críticas a Poirot (apontei pelo menos quatro), seu suposto amigo, mal conhece um outro detective que por lá aparece para fazer concorrência (e que acaba por ser irrelevante). Felizmente, dado o final do livro, pode ser que o passe a ver menos vezes por estas bandas...
No geral, considero este livro um policial muito bom, mais do que recomendado, mas que poderia ter sido melhor se cortasse algum do enredo e desenvolvesse melhor algumas personagens.


#3 - O Segredo de Chimneys
Goodreads | Wook
Um livro pelo qual eu não daria nada mas que me surpreendeu bastante pela positiva. Tudo começa quando Anthony Cade viaja para Inglaterra para entregar uma encomenda, mas cedo percebe que o que não passava de um simples favor o coloca no trilho de aventuras políticas que envolvem assassinatos, instaurações de repúblicas e manuscritos perdidos. Um livro viciante, com um desfecho que me deixou surpresa. Peca apenas pela quantidade exagerada de personagens e de carga política, na minha opinião.



#2 - Um Crime no Expresso do Oriente
Goodreads | Wook
Cá está ele, pois claro. Um dos mais célebres livros da autora e do seu querido Hercule Poirot, e com razões para tal. Quando um passageiro é assassinado durante uma viagem do extinto Expresso do Oriente, cabe a Poirot juntar as peças e descobrir qual dos outros 12 passageiros é que andou a portar-se mal durante a noite. Não se pode dizer que seja um policial perfeito - é meio parado e o que mais fazemos é ler os depoimentos dos vários personagens sem nunca termos acesso às suspeitas do detective. Mas o final único e inesperado faz-nos esquecer de todos os aspectos menos positivos.  Um mistério que muito dificilmente se esquece.



#1 - O Assassinato de Roger Ackroyd
Goodreads | Wook
Surpresa, só que não. Este livro é considerado por muitos o melhor policial da autora e agora percebo porquê. À semelhança de "Um Crime no Expresso do Oriente", temos um final difícil de prever e de esquecer. Mas esta história de Poirot conquistou-me mais do que o segundo lugar da lista pelo facto de nos fazer sentir muito mais imiscuídos na história. Fez toda a diferença ter um Dr. Sheppard para nos trazer uma perspectiva com mais 'participação' nos eventos; aliado à revelação final, foi um facto diferenciador para me fazer considerar este livro o meu preferido de Agatha Christie!





You Might Also Like

4 comentários

  1. Muito interessante este teu projeto. E obrigada por participares no meu, também. Já acabei o Misterioso Caso de Styles e adorei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! O meu exemplar chegou ontem, amanhã começo a ler :D O teu projecto vem mesmo a calhar, quero muito ler a obra toda da Agatha Christie! Tenho muito com que me entreter nos próximos tempos! :)

      Eliminar
  2. Olá!
    Adorei esta rubrica, é uma ótima ideia. Acabei de descobrir o teu blog e gostei bastante.
    Relativamente aos livros em si, tenho Um Crime No Expresso do Oriente aqui para ler mas, nem eu sei bem porquê, ainda não o fiz. Tirando isso, li da autora As Dez Figuras Negras e simplesmente adorei, é um livro muito bom e surpreendente.
    Boas leituras.
    - Mad (http://presa-nas-palavras.blogspot.pt)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mad, muito obrigada, fico muito contente por teres gostado :D

      Muita gente fala do "As Dez Figuras Negras", mas ainda não o tenho na minha colecção. Quero ter todos nas mesmas edições, e esse ainda não encontrei. Quase todos falam bem dele, claro que estou com imensa curiosidade! :D

      Boas leituras! (o teu blog já conhecia, sou seguidora! :D)

      Eliminar

Já me fartei de falar, agora é a vossa vez! Comentários são ~sempre~ bem-vindos!